sábado, 5 de janeiro de 2019

Camilo responde críticas de Bolsonaro: "Eleição já passou"

Em meio à crise de Segurança no Estado,o governador Camilo Santana (PT) rebateu as críticas do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de que faltou ao Estado formalizar os pedidos e mostrar incapacidade de resolver o problema. 

Em posicionamento solicitado pelo Diário do Nordeste, o governador sinalizou a necessidade de deixar de lado o embate eleitoral em prol da população. 

“A eleição já passou. E os interesses da população do meu estado sempre estarão acima de qualquer interesse pessoal ou partidário. Como homens públicos temos que ser maiores do que qualquer divergência. De minha parte a relação será sempre de respeito e cooperação”, respondeu o governador. 

Embate político 

Mais cedo, em entrevista, o presidente Jair Bolsonaro disse que faltou o Estado "oficializar, informar, dar a real necessidade da presença da Força pela sua incapacidade de resolver o problema", mas ressaltou que a Força Nacional já estava devidamente autorizada, mesmo o governador tendo "uma posição radical contra nós". 

Já o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), criticou Camilo. "O problema é do governador, que sempre tratou mal a PM. E pelas informações que recebemos, 40% do efetivo da polícia está de férias agora. Como ele pode deixar isso?", disse Mourão à revista digital Crusoé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário