quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Vendedores encontram R$ 72 mil roubados de banco em Bacabal (MA) e acabam presos em Acopiara

Um grupo de cinco pessoas foi detido por receptação na última terça-feira (18), no distrito de Trussu, em Acopiara. De acordo com informações da delegacia municipal, a Polícia Civil recuperou com eles R$ 72.785,00 provenientes do roubo ao Banco do Brasil do município de Bacabal, no Maranhão, ocorrido no dia 25 de novembro. Quatro homens e um adolescente encontraram o dinheiro deixado pelos assaltantes durante a fuga. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), quatro dos cinco indivíduos são de Acopiara, mas trabalhavam como vendedores ambulantes na cidade maranhense. Eles declararam, em depoimento, que pegaram pacotes de dinheiro que os assaltantes do banco deixaram pelo caminho, sem ter envolvimento direto com esse crime. 

A Delegacia Municipal afirmou, ainda, que a quantia em espécie estava distribuída entre os cinco indivíduos. A polícia chegou ao primeiro suspeito, Fagner dos Santos Santiago, natural da Paraíba, que escondeu R$ 2.950,00 na residência de uma vizinha. Diego Duarte de Brito, de 19 anos, e o pai, Idalécio Duarte Leite, de 38 anos, guardavam R$ 43.300,00 em casa; Francisco Duarte Pinheiro de Oliveira, conhecido como "Lucas", estava com R$ 24 mil. Com o adolescente de 17 anos, foram apreendidos R$ 2.535,00. 

Além do dinheiro, foram apreendidos quatro veículos, que teriam sido comprados com o dinheiro do roubo, conforme informações repassadas pela polícia maranhense. 

O adolescente foi liberado logo após prestar depoimento. Os outros quatro homens foram autuados por receptação e conduzidos à Delegacia Municipal de Acopiara. Nenhum dos envolvidos tinha antecedentes criminais. 

De acordo com a delegacia municipal, as investigações do caso estão a cargo da Delegacia de Combate ao Crime Organizado e da Polícia Federal. 

O caso 

O roubo ao Banco do Brasil aconteceu na noite do dia 25 de novembro, no município de Bacabal, a 240 km de São Luís, no Maranhão. Na ação, o grupo que realizou o assalto incendiou carros e entrou em confronto com a polícia. Com isso, uma parte do dinheiro ficou pelas ruas da cidade, e algumas pessoas aproveitaram para pegar os pacotes após o crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário