domingo, 30 de setembro de 2018

Mulheres realizam ato contra Bolsonaro e lotam a Praia de Iracema, em Fortaleza

Doze mil pessoas participaram da manifestação "Mulheres Unidas contra Bolsonaro", de acordo com estimativa da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), na tarde deste sábado (29). Na avaliação dos organizadores, o número chegou a 50 mil. No Facebook, cerca de 11 mil pessoas haviam confirmado participação até minutos antes do evento, segundo a organização.  

"Essa é uma oportunidade para que mostremos a nossa insatisfação com tudo o que está posto na esfera política desse país. Já perdemos muito tempo aceitando tudo passivamente. Ou a gente começa a gritar ou o caos se instala. 

Não espero que um salvador da pátria seja eleito, mas é inconcebível que um candidato homofóbico, misógino e racista como o Bolsonaro seja eleito", ressalta a turista Stela Martins.  

Mulheres, homens, adolescentes e crianças, pessoas de diversas raças e orientação sexual participaram de um ato que se autodenominou 'apolítico'. Organizado pelas redes sociais, a concentração começou por volta das 15 horas, com apresentações de dança, música e capoeira.  

A multidão seguiu em passeata até o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Partidos políticos aproveitaram a concentração para distribuir panfletos, bottons e camisas dos candidatos a cargo majoritário. A propaganda boca a boca também foi utilizada por um sem número de apoiadores e cabos eleitorais. 

Após uma última concentração na Praça Verde do Centro Dragão do Mar, os manifestantes se dispersaram por volta das 18h30. Para os que insistiram em permanecer no local, um show de música popular brasileira seguiu noite a dentro.   

O ato surgiu a partir de uma mobilização de mulheres que se conheceram por meio da internet. Uma das organziadoras do movimento no Ceará, a cerimonialista Mayra Carneiro explica que muitas cearenses se uniram ao movimento nacional, conhecido como #elenao. Mayra afirma, ainda, que o movimento é “suprapartidário e plural”.  

Sobral 

Em Sobral, Zona Norte do Ceará, uma multidão percorreu as principais ruas do Centro, a partir da Praça da Coluna da Hora até a Praça de Cuba durante a manhã, com o monitoramento da Guarda Municipal. Com palavras de ordem, a manifestação teve discursos contra o candidato à Presidência do PSL .  

Juazeiro do Norte 

Em Juazeiro do Norte, o ato aconteceu na tarde deste sábado (29) na praça do Giradouro, ponto de entrada também das cidades de Crato e Barbalha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário