sábado, 28 de julho de 2018

Fortaleza tem onda de ataque incendiário a ônibus e prédios públicos

Fortaleza sofre uma onda de ataques a ônibus e locais públicos desde a madrugada desta sexta-feira (27). Oito ônibus foram alvos de ataques de incendiários. Quatro deles ocorreram durante a tarde, e outros três nesta noite. Um veículo também foi alvo em Horizonte, na Grande Fortaleza. 

Criminosos também arremessaram artefatos explosivos contra agências dos Correios, bancos privados e um prédio da Prefeitura de Fortaleza. Não há feridos em nenhum dos casos, conforme a Secretaria de Segurança Pública. 

Ainda na madrugada, um coquetel molotov foi arremessado no pátio do Detran e destruiu mais de 150 motocicletas. Os veículos faziam parte do lote de sucatas e estavam reservadas para leilão. 

Uma série de ataques simultâneos a quatro ônibus nos bairros Sapiranga e Alvorada, periferia de Fortaleza, ocorreu por volta das 16h. À noite, veículos foram incendiados no Bairro Bom Jardim, na Bela Vista e na Avenida Bernardo Manoel. 

Não se sabe as causas e quem são os autores dos ataques aos veículos do transporte público de Fortaleza. Segundo o levantamento do Sindiônibus, os veículos foram incendiados por “criminosos residentes na região do Alvorada”, periferia da capital cearense. 

A Secretaria da Segurança Pública declarou que o policiamento ostensivo foi reforçado nas regiões atingidas pelos ataques. A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) investiga as motivações dos crimes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário