sexta-feira, 20 de julho de 2018

Bebê morre por asfixia enquanto os pais usavam droga

O laudo do Instituto de Medicina Legal constatou que o bebê Ian Calebre, de apenas 5 meses de vida, encontrado morto dentro de casa por vizinhos no Residencial Torquato Neto 4, na zona Sul de Teresina, na quarta-feira (18), morreu por asfixia mecânica e que pode ter sido provocada por resto de alimentos ou saliva. 

O bebê estava na companhia dos três irmãos, quando foi encontrado sem vida. Os pais, Alice Jovem de Sousa e Ivanilson de Oliveira Diniz, foram presos e autuados em flagrante. “Nós recebemos informações de que havia uma criança morta, os vizinhos enfatizaram muito realmente que os pais são usuários de drogas. Temos imagens que mostram insalubridade no local”, afirmou um dos policiais presente na ocorrência. 

A delegada Ana Luiza, coordenadora da Central de Flagrantes, afirmou que o casal será indiciado. “Eles foram autuados em flagrante e possivelmente serão indiciados por abando de incapaz com resultado morte”, informou. 

As crianças de 2,7 e 9 anos e o bebê de cinco meses viviam na casa sem as meninas condições de sobrevivência. A residência foi invadida há cerca de dois anos. 

Os vizinhos afirmam que já haviam denunciado a situação várias vezes para o Conselho Tutelar da zona Sul e acusam o órgão de negligência. “Eu recolhi os dois [crianças] no lixo, levei para minha casa e ela [mãe] foi buscar eles lá dentro da minha casa e disse que não ia se repetir. Eu levei ela para minha casa, dei alimento assim como todo mundo do Torquato já fez”, disse uma vizinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário